terça-feira, julho 11, 2006

É preciso ter descaramento, ridículo! (DMS)

A Federação Portuguesa de Futebol vai pedir ao Governo que isente de IRS os prémios de participação no Mundial que serão pagos aos jogadores, cerca de 50 mil euros por cabeça. A isenção era boa se fosse para todos, mas mesmo todos, os portugueses. Qual seria a razão da isenção que justificasse tal regalia? Porque é que o nº5 do artigo 13º do Código do IRS vem ao barulho? Leia-se, este imposto «não incide sobre os prémios atribuídos aos praticantes de alta competição, bem como aos respectivos treinadores, por classificações relevantes obtidas em provas desportivas de elevado prestígio e nível competitivo». Como diz Medina Carreira, e bem, «poupar trocos a quem ganha milhões» é «ridículo» e conclui dizendo: «Poupar 5.000 euros ao Cristiano Ronaldo é ridículo quando ele ganha milhões». O argumento de que a selecção representou bem Portugal (o que é verdade) também não é válido pois não fez mais que a sua obrigação! É dever de cada um dos portugueses dignificar o nome Portugal! Só falta, no fim, uma condecoração do Presidente da República! Sr. Gilberto Madaíl não seja ridículo! Vá-se embora, o sr. já disse à TSF que não precisa do futebol para nada.

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Muuuiitttoo beemmm!!!!!!

João Gonçalves e Bernardo Soares

11:44 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Mas este artigo legitima a posição de Gilberto Madaíl. Ou não?

Filipe

11:53 da manhã  
Blogger Diogo Mendes Silva said...

Caro Filipe,

Não legitima devido às quantias que estamos a falar! Este artigo poderá fazer sentido em desportos que representam Portugal ao mais alto nível, no entanto, são desportos que não são o futebol e os prémios são estupidamente baixos comparados aos prémios do desporto-rei! Com as quantias e as pessoas em causa não há que ter qualquer tipo de benevolência.
O Sr. Gilberto Madaíl já se esqueceu do favor que lhe fizemos quando construimos 10 estádios para o Euro2004? Chega de regalias para o futebol! Chega!

12:00 da tarde  
Anonymous O Louco said...

Às empresas é que deviam baixar os impostos. Basta ver o que aconteceu com a Opel na Azambuja e muitas mais... De nada adianta apertar o cinto quando a cintura já é magra e com tendência para emagrecer. Mais de 1000 prá valeta.

Desculpem o termo mas...era espetar-lhes um pau pelo cú acima...

9:24 da tarde  
Blogger Rui Miguel Ribeiro said...

É evidente que não há razão moral para lhes conferir a isenção, mas convenhamos que os jogadores (estes ou quaisquer outros), não redigiram o dito art. 5º, nem são por ele responsáveis. E quando se tem direito a algo, costuma-se pedir, seja-se rico, pobre , ou remediado. Talvez fosse altura de questionar quem teve a ideia peregrina de inserir esta cláusula. Tal como o autor acrescenta num comment, a lei devia ser dirigida a quem tem boas classificações mas que tem dificuldades para praticar a modalidade e não recebe ordenados chorudos. Agora se não houver ressalvas...

3:56 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

 

 

   Links

Blogues

  • 31 da Armada
  • A Arte da Fuga
  • A Destreza das Dúvidas
  • A Origem das Espécies
  • Abrigo de Pastora
  • Abrupto
  • Atlântico
  • Axónios Gastos
  • Blasfémias
  • Bloguí­tica
  • Causa Liberal
  • Combustões
  • Conversas Vadias
  • Da Rússia
  • Do Portugal Profundo
  • Grande Loja do Queijo Limiano
  • João Pereira Coutinho
  • Letras com Garfos
  • Lóbi do Chá
  • Margens de Erro
  • My Guide to your Galaxy
  • O Futuro Presente
  • O Insurgente
  • O Mal de Portugal
  • O Observador
  • O Purgatório
  • Observatório da Jihad
  • Por Causa Dele
  • Por Tu Graal
  • Pura Economia
  • Quadratura do Círculo
  • Relações Internacionais
  • Retórica
  • Tempos Interessantes
  • Teoria da Suspiração
  • The Guest of Time
  • The Intelectual Life
  • Tomar Partido
  • Blogues Internacionais

  • Cato @ Liberty
  • Counterterrorism Blog
  • Freakonomics Blog
  • JCB Blog
  • Johan Norberg Blog
  • NEI Nuclear Notes
  • Private Sector Development Blog
  • Secondhand Smoke
  • The Conservative Philosopher
  • Imprensa

  • Público
  • Correio da Manhã
  • Jornal de Notí­cias
  • Diário Digital
  • Diário de Notí­cias
  • Agência Lusa
  • Diário Económico
  • Jornal de Negócios
  • Courrier Internacional
  • Expresso
  • Visão Online
  • Sol
  • TSF
  • Rádio Renascensa
  • Imprensa Internacional

  • ABC
  • Google News
  • Yahoo! News
  • The Economist
  • BusinessWeek
  • Foreign Policy
  • Time
  • Bloomberg
  • Financial Times
  • MSNBCnews
  • Foreign Affairs
  • CNN
  • Fortune
  • The Atlantic
  • The Times
  • The New York Times
  • Washington post
  • Zenit
  • Reuters
  • MercatorNet
  • Agence France Press
  • Courrier International
  • Le Monde
  • All Africa
  • Jornal de Angola
  • Invertia
  • Aljazeera
  • China Daily
  • Informações

  • IEEI
  • CIARI
  • IPRI
  • CIEJD
  • IGFSE
  • SEDES
  • Crí­tica
  • O Portal da Cidade de Braga
  • Universidade do Minho
  • Centro Universitário do Minho
  • Parleurop
  • Rede Eléctrica Nacional
  • Páginas Amarelas
  • Icep Portugal
  • Comissão Nacional de Eleições
  • Instituto Nacional de Estatí­stica
  • Dicionário de Lí­ngua Portuguesa
  • Banco de Portugal
  • Compromisso Portugal
  • União Europeia
  • Serviço de Informações de Segurança
  • Presidência da República
  • Portal do Governo
  • Diário da República Electrónico
  • Assembleia da República
  • Informações Internacionais

  • WTO
  • OPEC
  • OECD
  • OSCE
  • NATO
  • Hoover Institution
  • BP Global
  • Institute for International Economics
  • The World Bank
  • International Monetary Fund
  • Center for Security Policy
  • Chatham House
  • Council on Foreign Relations
  • Institut d'Études de Sécurité
  • Eurobarometer
  • Institute of Development Studies
  • G8 Information Centre
  • United Nations
  • Terrorism Research Center
  • The International Institute For
    Strategic Studies

  • CIA - The World Fact Book
  • Religião Católica

  • A Santa Sé
  • Opus Dei
  • Catholic Fire
  • Partidos Polí­ticos Portugueses

  • Partido Social Democrata
  • CDS/Partido Popular
  • Partido Nova Democracia
  • Partido Socialista
  • Partido Comunista Português
  • Bloco de Esquerda
  • Partidos e Instituições Conservadoras

  • International Democratic Union
  • The Conservative Party
  • Republican National Committe
  • American Conservative Union
  • The Churchill Center
  • Margaret Thatcher Foundation
  • Union pour un Mouvement Populaire
  • CDU/CSU
  • Conservative Party of Canada
  • Liberal Party of Australia