segunda-feira, fevereiro 21, 2005

Viragem á esquerda (DS)

No dia 20 de Fevereiro de 2005, foram ás urnas oito mlihões setecentos e cinquenta mil e vinte e nove eleitores.
O PS ganhou com 45,03% dos votos (120 deputados), o PSD ficou com 28,70% (72 deputados), a CDU ficou com 7,57 % dos votos (14 deputados), o CDS/PP com 7,27% (12 deputados) e o irresponsável BE que subiu bastante, para os 6,38% elegendo 8 deputados.
O facto de o PSD ter descido tanto, foi o facto de haver uma crise económica e social, uma legislatura interrompida, o problema da gestão da crise nacional. Nunca o PSD teve uma derrota tão baixa desde 1976. A abstenção foi igual á de 1995, que foi baixa, foi de 35%. A derrota do PSD, não foi uma derrota tanto do partido mas sim de Santana Lopes pois, a campanha foi unipessoal.
Estes resultados não foram do "país real", isto sucedeu-se por causa da crise.
A vitória do Eng. José Sócrates não foi a partir de um voto de confiança dos portugueses, mas sim de um "cartão vermelho" ao PSD.
Pedro Santana Lopes deveria demitir-se de Pres. do PSD. Este, revelou não possuir capacidade de liderança e capacidade de gestão á frente de um governo. É necessário haver uma profunda renovação no partido.
Paulo Portas, infelizmente demitiu-se. Portas é um homem que faz falta numa democracia, para combater os extremistas de esquerda e os radicais, como os Trotskystas (como ele referiu).
Este governo socialista, não dura mais que 2 anos. Sócrates não é idóneo para governar. Como é que vai retirar trezentes mil idosos da pobreza? Criar cento e cinquenta mil empregos? Investir na ciência e na educação? Financiar estágios a mil jovens licenciados? Bem, estou a aguardar com alguma ansiedade. Ainda falta conhecer qual a constituição do 17º governo.
Vamos regressar ás politicas do despesismo, do facilitismo e da irresponsabilidade.

10 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Como é maior? tas bom? Lembras t do Tiago de Lisboa? Já tirei o curso de Economia há um ano! Quando for aí Braga vou te apresentar a minha irmã! Gosto muito do teu blog, aprecio os teus comentários. Continua rapaz, vais longe. Ignora o ppl do bloco. nem percas tempo. Abraço Tiago.
Força!

3:03 da tarde  
Blogger Diogo Mendes Silva said...

Tiago!!!!! Ó tempo! obrigado! Já tiras t o curso?!Parabéns!! kd kiseres aparecer em Braga tás a vontade! Abraço!

3:06 da tarde  
Anonymous Kayak said...

"Ignora o ppl do bloco. nem percas tempo." (Tiago)
Não precisamos ser demasiado conhecedores de política quando estamos perante comentários muito pouco democráticos! Mais uma vez, o "irresponsável" BE está a ser alvo de critica!
Conclusões a tirar; muito simplesmente, o crescimento do Bloco de Esquerda a nível nacional assusta a oposição, porque a oposição só mostra que reconhece que o BE é um adversário a temer. Nunca duvidei disso, já por isso mesmo no Bloco continuo!
Vamos estabelecer alguns esclarecimentos: Não vejo nenhuma substituição para Paulo Portas, o que faz daquela demissão tudo fogo de vista. Mesmo que haja susbtituto, dentro do CDS-PP, poucos serão os quererão um partido, nitidamente, a caminhar para baixo!
Pedro Santana Lopes, com ou sem congresso, continuará na presidência que queiram que não!
Concluindo, graças a uma direita destronada e uma pseudo-esquerda para continuar os estragos do anterior governo, são muitos os pontos a favor do Bloco de Esquerda. O povo já conclui que não é com conservadorismo, nem com cortes em inúmeras instituições que as receitas do estado se vão restabelecer, é com a clareza, com a especulação e a mudança! Sem extremismos, sem neo-fascismo esquerdista (como alguns ignorantes querem fazer querer do BE) muito simplesmente, uma política virada para o emprego e para o anti-sigilo bancário é a resposta!

4:42 da tarde  
Blogger Diogo Mendes Silva said...

Lool! Eu adoro o meu blog! O os militantes do irresponsável BE são mesmo intolerantes! Só pelo Tiago ter dito para não perder tempo (o que tem razão) deu se logo um ênfase e exagero típico do irresponsável BE! Incluindo, insultos como o "ignorantes"! ESte exemplo do meu leitor do BE, mostra a intolerancia e a perturbação que o meu blog causa! O BE vai ser sempre a ultima força politica, eles gostam de atirar barro á parede a ver se cola! Enfim. Típico.

9:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Boa Noite! Diogo, sou uma leitora assídua e sinceramente não estou a gostar do rumo, que os comentários estão a levar. Não conheço nenhum desses fulanos, eu sou da Póvoa de Varzim, e tenho pena do rumo que isto está a levar. Esse Luis Marado e Pedro kayak, não tenho nada contra eles, não os conheço, mas acho que deveriam controlar as suas palavras. Eu sou do BE, e de facto muita gente tem essa imagem do radicalismo do BE. è necessário conter esses insultos. Continua Diogo. Eu gosto de ler as tuas opiniões embora por vezes não as partilhe. E Kayak e Marado, vejam se ganham outro nível vocês são uma vergonha do BE.

9:18 da tarde  
Anonymous Kayak said...

Uma pequena introdução: é irónico que se chame ao BE de irresponsável tendo em conta os fracassos do Governo PSD-PP que só mostraram incompetência e irresponsabilidade a todos os níveis.
Primeira questão: posso destacar no meu discurso uma única falha que, embora não considere relevante, não deixo de sublinhar. O facto de ter me referido do Bagão Félix como um "ignorante". Como pode ser considerado discurso falacioso, mudo então o meu juizo para "incompetente", esperando assim não criar certos conflitos desnecessários.
Segunda questão: se anonymous é membr@ do BE, saberá certamente que o BE defende a clareza dos argumentos! Isso engloba situações de identificaçao (o que infelizmente não aparece, ficando atrás de uma máscara "anonymous") e de expecificação de discurso! Não denoto qualquer refutação no discurso d@ membr@ do BE o que me deixa bastante em duvida sobre as posições que toma!
Em suma, as próximas críticas que aparecerem, espero-as construtivase de refutação válida!

12:56 da tarde  
Blogger MiMi said...

Diogo, sabes a minha posição em relação a isto, passei só para dizer olá e para não andares sempre a dizer que não venho visitar-te!´

Não sabia que o teu blog era *tão* popular, tenho que começar a escrever sobre política

2:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Muito bem, Diogo apoiado !!!
Continua assim e críticar o BE !
Força gosto dos teus comentários de política. Tens futuro.

10:07 da tarde  
Blogger Diogo Mendes Silva said...

Obrigado, a todos aqueles que me apoiam!

8:36 da tarde  
Blogger Zeta said...

É isso mesmo!

VOTA DIOGO SILVA!

;)

Boa sorte para a tua candidatura dos proximos 20 anos! pods contar cmg pa campanha! colo cartazes, e n digo mal d ti... ja e alguma coisa! n e?

vá um abraço! :P

12:58 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

 

 

   Links

Blogues

  • 31 da Armada
  • A Arte da Fuga
  • A Destreza das Dúvidas
  • A Origem das Espécies
  • Abrigo de Pastora
  • Abrupto
  • Atlântico
  • Axónios Gastos
  • Blasfémias
  • Bloguí­tica
  • Causa Liberal
  • Combustões
  • Conversas Vadias
  • Da Rússia
  • Do Portugal Profundo
  • Grande Loja do Queijo Limiano
  • João Pereira Coutinho
  • Letras com Garfos
  • Lóbi do Chá
  • Margens de Erro
  • My Guide to your Galaxy
  • O Futuro Presente
  • O Insurgente
  • O Mal de Portugal
  • O Observador
  • O Purgatório
  • Observatório da Jihad
  • Por Causa Dele
  • Por Tu Graal
  • Pura Economia
  • Quadratura do Círculo
  • Relações Internacionais
  • Retórica
  • Tempos Interessantes
  • Teoria da Suspiração
  • The Guest of Time
  • The Intelectual Life
  • Tomar Partido
  • Blogues Internacionais

  • Cato @ Liberty
  • Counterterrorism Blog
  • Freakonomics Blog
  • JCB Blog
  • Johan Norberg Blog
  • NEI Nuclear Notes
  • Private Sector Development Blog
  • Secondhand Smoke
  • The Conservative Philosopher
  • Imprensa

  • Público
  • Correio da Manhã
  • Jornal de Notí­cias
  • Diário Digital
  • Diário de Notí­cias
  • Agência Lusa
  • Diário Económico
  • Jornal de Negócios
  • Courrier Internacional
  • Expresso
  • Visão Online
  • Sol
  • TSF
  • Rádio Renascensa
  • Imprensa Internacional

  • ABC
  • Google News
  • Yahoo! News
  • The Economist
  • BusinessWeek
  • Foreign Policy
  • Time
  • Bloomberg
  • Financial Times
  • MSNBCnews
  • Foreign Affairs
  • CNN
  • Fortune
  • The Atlantic
  • The Times
  • The New York Times
  • Washington post
  • Zenit
  • Reuters
  • MercatorNet
  • Agence France Press
  • Courrier International
  • Le Monde
  • All Africa
  • Jornal de Angola
  • Invertia
  • Aljazeera
  • China Daily
  • Informações

  • IEEI
  • CIARI
  • IPRI
  • CIEJD
  • IGFSE
  • SEDES
  • Crí­tica
  • O Portal da Cidade de Braga
  • Universidade do Minho
  • Centro Universitário do Minho
  • Parleurop
  • Rede Eléctrica Nacional
  • Páginas Amarelas
  • Icep Portugal
  • Comissão Nacional de Eleições
  • Instituto Nacional de Estatí­stica
  • Dicionário de Lí­ngua Portuguesa
  • Banco de Portugal
  • Compromisso Portugal
  • União Europeia
  • Serviço de Informações de Segurança
  • Presidência da República
  • Portal do Governo
  • Diário da República Electrónico
  • Assembleia da República
  • Informações Internacionais

  • WTO
  • OPEC
  • OECD
  • OSCE
  • NATO
  • Hoover Institution
  • BP Global
  • Institute for International Economics
  • The World Bank
  • International Monetary Fund
  • Center for Security Policy
  • Chatham House
  • Council on Foreign Relations
  • Institut d'Études de Sécurité
  • Eurobarometer
  • Institute of Development Studies
  • G8 Information Centre
  • United Nations
  • Terrorism Research Center
  • The International Institute For
    Strategic Studies

  • CIA - The World Fact Book
  • Religião Católica

  • A Santa Sé
  • Opus Dei
  • Catholic Fire
  • Partidos Polí­ticos Portugueses

  • Partido Social Democrata
  • CDS/Partido Popular
  • Partido Nova Democracia
  • Partido Socialista
  • Partido Comunista Português
  • Bloco de Esquerda
  • Partidos e Instituições Conservadoras

  • International Democratic Union
  • The Conservative Party
  • Republican National Committe
  • American Conservative Union
  • The Churchill Center
  • Margaret Thatcher Foundation
  • Union pour un Mouvement Populaire
  • CDU/CSU
  • Conservative Party of Canada
  • Liberal Party of Australia